EQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS

 

1. (Ufpe 2004) Quantas soluções a equação

            sen£x + [(sen¥x)/2] + [(sen§x)/4] + ... = 2,

cujo lado esquerdo consiste da soma infinita dos termos de uma progressão geométrica, de primeiro termo sen£x e razão (sen£x)/2, admite, no intervalo [0, 20™]?

 

2. (Ufpr 2004) Considere as matrizes a seguir, onde a, b, c e  são números reais. Assim, é correto afirmar:

 

 

 

(01) Os valores de a e b para os quais A = B são, respectivamente, 2 e -1.

(02) Para que a matriz A seja igual à matriz B, é necessário que c seja número negativo.

(04) Se b = 0 e c = -1, então o elemento na posição "2 linha, 2 coluna" da matriz (A.B) é log³ Ë2.

(08) Se  = 0 e c = 0, então a matriz A tem inversa, qualquer que seja o valor de b.

(16) Todos os valores de  para os quais A = B são da forma 2k ™  ™/3,  onde k é número inteiro.

 

Soma (       )

 

3. (Unicamp 2004) Dado o sistema linear homogêneo:

 

ý[cos(‘) + sen(‘)] x +               [2sen(‘)] y = 0

þ

ÿ                 [cos(‘)] x + [cos(‘) - sen(‘)] y = 0

 

a) Encontre os valores de ‘ para os quais esse sistema admite solução não-trivial, isto é, solução diferente da solução x = y = 0.

b) Para o valor de ‘ encontrado no item (a) que está no intervalo [0, ™/2], encontre uma solução não-trivial do sistema.

 

4. (Ita 2005) Um dos catetos de um triângulo retângulo mede  ¤Ë2 cm. O volume do sólido gerado pela rotação deste triângulo em torno da hipotenusa é ™ cm¤. Determine os ângulos deste triângulo.

 

5. (Ufu 99) Determine a soma das raízes de log‚(senx)-log‚(cosx+senx)=0, contidas no intervalo [-2™, 2™].

 

6. (Uem 2004) Considere um ponto P(x,y) sobre a circunferência trigonométrica e que não esteja sobre nenhum dos eixos coordenados. Seja ‘ o ângulo determinado pelo eixo OX e pela semi-reta OP, onde O é a origem do sistema. Nessas condições, assinale o que for correto.

01) A abscissa de P é menor do que cos(‘).

02) A ordenada de P é igual a sen[‘ + (™/2)].

04) A tangente de ‘ é determinada pela razão entre a ordenada e a abscissa de P.

08) As coordenadas de P satisfazem à equação

x£ + y£ = 1.

16) Se x = y, então cotg(‘) = -1.

32) ‘ = ™/4 é o menor arco positivo para o qual a

equação cos£(‘ + ™) + sen£[‘ + (™/2)] = cos£[(‘ + (™/2)] + sen£(‘ + ™) é satisfeita.

64) sen(2‘) = 2y.

 

7. (Ita 2005) Obtenha todos os pares (x, y), com x, y Æ [0, 2™], tais que

            sen (x + y) + sen (x - y) = 1/2

            sen x + cos y = 1

 

8. (Ufes 96) Determine todos os valores de š para os quais sen¤šcosš-senšcos¤š=1/4

 

9. (Fatec 95) O conjunto solução da equação 2cos£x+cosx-1=0, no universo U=[0,2™], é

a) {™/3, ™, 5™/3}

b) {™/6, ™, 5™/6}

c) {™/3, ™/6, ™}

d) {™/6, ™/3, ™, 2™/3, 5™/3}

e) {™/3, 2™/3, ™, 4™/3, 5™/3, 2™}

 

10. (Fei 94) Se cotg(x) + tg(x) = 3, então sen(2x) é igual a:

a) 1/3

b) 3/2

c) 3

d) 2/3

e) nenhuma anterior é correta

 

11. (Ita 96) Seja a Æ [ -™/4, ™/4 ] um número real dado. A solução (x³, y³) do sistema de equações

 

ý(sena)x - (cosa)y = - tga

þ

ÿ(cosa)x + (sena)y = - 1

 

é tal que:

a) x³.y³ = tga

b) x³.y³ = - seca

c) x³.y³ = 0

d) x³.y³ = sen£a

e) x³.y³ = sena

 

12. (Ufpe 96) Determine a menor solução real positiva da equação sen(™x/423)+sen(2™x/423)=cos(™x/846).

 

13. (Uel 96) Se x Æ [0, 2™], o número de soluções da equação cos2x=sen[(™/2)-x] é

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

 

14. (Ufmg 94) DETERMINE todos os valores de x pertencentes ao intervalo (0, ™) que satisfazem a equação

3 tg x + 2 cos x = 3 sec x.

 

15. (Unirio 95) Para que a matriz a seguir, seja inversível, é necessário que:

 

 

a)  · ™/4 + 2k™

b)  · ™/2 + 2k™

c)  · k™

d)  · 2k™

e)  · 2k™  ™/2

 

16. (Ufsc 96) Assinale a ÚNICA proposição CORRETA.

No intervalo [0,3™], o número de soluções da equação sen2x=(Ë2)cos x é

 

01. 3.

02. 4.

04. 5.

08. 6.

16. 7.

 

17. (Uece 96) Se n = [sen (™/6) + cos (™/3)]/[log„ sen (™/6)], então (1+8n)/(1+n£) é igual a:

a) -7/2

b) -3

c) 2

d) 5/2

 

 

18. (Uece 96) Se senš = (2Ë85)/85, ™/2 < š < ™, então 2+tg[š-(™/4)] é igual a:

a) 3/7

b) 4/7

c) 5/7

d) 6/7

 

 

19. (Cesgranrio 93) O número de soluções da equação sen£x=2sen x, no intervalo [0,2™], é:

a) 0

b) 1

c) 2

d) 3

e) 4

 

20. (Fei 96) Se s = sen(x), 5s£ + s - 4 = 0 e 0 ´ x ´ ™/2 então:

a) x = 0

b) 0 < x < ™/4

c) 0 < x < ™/6

d) x = ™/2

e) ™/4 < x < ™/2

 

21. (Cesgranrio 90) Todos os valores de x Æ [™, 2™] que satisfazem senx.cosx>0 são:

a) ™< x < 5 ™/4

b) 5™/4 < x < ™

c) ™ < x < 3™/2

d) 3™/2 < x < 2™

e) 3™/2 < x < 7™/4

 

22. (Cesgranrio 90) O número de raízes reais da equação (3/2)+cosx=0 é:

a) 0.

b) 1.

c) 2.

d) 3.

e) maior do que 3.

 

23. (Ufrs 97) Considere a equação cos x=cos(x + ™). Se 0´x<2™, esta equação

a) não tem solução.

b) tem apenas 1 solução.

c) tem somente soluções 0 e ™.

d) tem somente as soluções ™/2 e 3™/2.

e) tem infinitas soluções.

 

24. (Ufrs 97) No intervalo [0, ™] a equação tan x - 1 = 0

a) não possui raízes.

b) possui uma única raiz.

c) possui apenas 2 raízes.

d) possui exatamente 4 raízes.

e) possui infinitas raízes.

 

25. (Ita 98) A soma das raízes da equação (Ë3)tgx-(Ë3)sen2x+cos2x=0, que pertencem ao intervalo [0,2™], é:

a) 17™/4

b) 16™/3

c) 15™/4

d) 14™/3

e) 13™/4

 

26. (Mackenzie 97) Em [0, 2™], a soma das soluções reais da equação [2-Ë(1-cos£x)] . [0,5-Ë(1-sen£x)] = 0 é:

a) ™

b) 2™

c) 3™

d) 4™

e) 5™

 

27. (Fuvest 99) Ache todas as soluções da equação

 

            sen¤x cos x - 3 senx cos¤x = O

 

no intervalo [0,2™).

 

28. (Fatec 98) Sejam as equações

 

A: tgx = sen2x e

B: cos£x = 1/2.

 

Sobre as sentenças

 

I. As equações A e B têm exatamente as mesmas

soluções.

II. A equação B tem soluções x=(™/4)+(k™/2),com k Æ Z..

III. No intervalo 0 ´ x ´ ™/2 a equação A tem soluções x = 0 e x = ™/4.

 

é verdade que

a) somente a I é falsa.

b) somente a II é falsa.

c) somente a III é falsa.

d) todas são verdadeiras.

e) todas são falsas.

 

29. (Mackenzie 98) Em [0, 2™], a soma das raízes da equação

[Ë(1 - cos£ x)] + sen x = 1 é:

 

a) 3 ™

b) 2 ™

c) 4 ™

d) 0

e) ™

 

30. (Unirio 98) O conjunto-solução da equação cos 2x = 1/2, onde x é um arco da 1 volta positiva, é dado por:

a) {60°, 300°}

b) {30°, 330°}

c) {30°, 150°}

d) {30°, 150°, 210°, 330°}

e) {15°, 165°, 195°, 345°}

 

31. (Uel 98) O conjunto solução da equação senx=sen2x, no universo U=[0,2™], é

a) {0, ™/3, 2™/3, ™, 2™}

b) {0, ™/3, ™, 5™/3, 2™}

c) {0, ™/3, ™/2, ™, 2™}

d) {0, ™/4, ™/3, 2™}

e) {0, ™/3, ™, 2™}

 

32. (Ufrs 98) A identidade sen 2x = 2 sen x é verificada se e somente se

a) x é número real.

b) x = 0.

c) x = n™, sendo n qualquer inteiro.

d) x = n™/2, sendo n qualquer inteiro.

e) x = 2n™, sendo n qualquer inteiro.

 

33. (Unicamp 99) Considere a função:

S(x) = 1 + 2sen x + 4(sen x)£ + 8(sen x)¤ para x Æ R.

a) Calcule S (™/3).

b) Resolva a equação: S(x) = 0, para x Æ [-2™,2™].

 

34. (Puc-rio 99) Quantas soluções de sen(x) + cos(x) = 0 existem para x entre 0 e 2™?

 

35. (Uff 99) Determine a relação entre os números reais a e b de modo que as igualdades

 

            1 + cos x = a sen x e 1 - cos x = b sen x,

 

com x · k ™, k Æ Z, sejam satisfeitas simultaneamente.

 

36. (Ufrrj 99) O número de soluções da equação 2cos£x - 3cosx - 2 = 0 no intervalo [0, ™] é

a) 1.

b) 0.

c) 2.

d) 4.

e) 3.

 

37. (Ufrrj 99) Determine o valor de p na equação [(senx-pcos£x)/senx]-2senx=(-p+senx)/senx, sendo x·k™ e kÆZ.

 

38. (Ufv 99) Determine todos os pares (x,y) de números reais que satisfazem o sistema a seguir:

 

ýsen£ x = sen£ 2y

þ

ÿcos£ x = sen£ y,

 

sendo 0 ´ x ´ ™ e 0 ´ y ´ ™

 

39. (Mackenzie 99) I) Se ™<x<3™/2, então sen x . cos x. tg x+1 < 0.

II) Em [™, 3™], o número de raízes da equação senx+cosx=0 é 2.

III) No triângulo de lados 3, 4 e 5, o seno da diferença entre os ângulos menores pode ser 7/25.

 

Das afirmações anteriores:

a) todas são verdadeiras.

b) apenas I e II são verdadeiras.

c) apenas II e III são verdadeiras.

d) apenas I é verdadeira.

e) apenas III é verdadeira.

 

40. (Mackenzie 99) I) Se sen x+cos y=2, 0´x, y´™/2, então sen(x+y)=1.

II) Não existe x real tal que cos£(x-™)µ™.

III) Se x+2y=™/2, então 1+sen x=2 cos£ y.

 

Das afirmações acima:

a) somente I é verdadeira.

b) somente II é verdadeira.

c) somente I e II são verdadeiras.

d) somente II e III são verdadeiras.

e) todas são verdadeiras.

 

41. (Mackenzie 99) Em [0, 2™], o número de soluções reais da equação

                        (Ë3) sen x + cos x = 2 é:

 

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

 

42. (Mackenzie 99) Em [0, 2™], se ‘ é a maior raiz da equação mostrada na figura adiante

 

, então sen(3‘/4) vale:

a) -1

b) 1

c) 0

d) 1/2

e) - 1/2

 

43. (Ufu 99) A área da região do primeiro quadrante delimitada pelas retas, que são soluções da equação cos(x+y)=0, com 0´x+y´2™, é igual a

a) ™£ unidades de área.

b) 4™£ unidades de área.

c) 3™£ unidades de área.

d) 8™£ unidades de área.

e) 2™£ unidades de área.

 

44. (Fuvest 2000) O dobro do seno de um ângulo š, 0 < š < ™/2, é igual ao triplo do quadrado de sua tangente. Logo, o valor de seu cosseno é:

a) 2/3

b) (Ë3)/2

c) (Ë2)/2

d) 1/2

e) (Ë3)/3

 

45. (Unirio 2000) O conjunto-solução da equação senx=cosx, sendo 0´x<2™, é:

a) {™/4}

b) {™/3}

c) {5™/4}

d) {™/3, 4™/3}

e) {™/4, 5™/4}

 

46. (Unirio 2000) Considere a função definida por

 

f(x) = tg¤ [x+(™/2)] - tg [(x+(™/2)], sendo, x Æ ]0, ™[.

 

a) Determine os valores de x tais que f(x)=0.

 

b) Encontre os valores de x tais que log‚1<f(x).

 

47. (Fgv 2001) Resolva as seguintes equações trigonométricas:

 

a) sen x = Ë2/2, onde 0 ´ x ´ 2™

 

b) sen x = cos2x, onde 0 ´ x ´ 2™

 

48. (Unesp 2001) Uma equipe de agrônomos coletou dados da temperatura (em °C) do solo em uma determinada região, durante três dias, a intervalos de 1 hora. A medição da temperatura começou a ser feita às 3 horas da manhã do primeiro dia (t=0) e terminou 72 horas depois (t=72). Os dados puderam ser aproximados pela função

 

H(t) = 15 + 5 sen [(™/12)t + (3™/2)],

 

onde t indica o tempo (em horas) decorrido após o início da observação de H(t) a temperatura (em °C) no instante t.

 

a) Resolva a equação sen [(™/12)t + (3™/2)] = 1, para tÆ[0,24].

 

b) Determine a temperatura máxima atingida e o horário em que essa temperatura ocorreu no primeiro dia de observação.

 

49. (Unesp 2001) Uma equipe de mergulhadores, dentre eles um estudante de ciências exatas, observou o fenômeno das marés em determinado ponto da costa brasileira e concluiu que o mesmo era periódico e podia ser aproximado pela expressão:

 

P(t) = (21/2) + 2cos [(™/6)t + (5™/4)],

 

onde t é o tempo (em horas) decorrido após o início da observação (t = 0) e P(t) é a profundidade da água (em metros) no instante t.

 

a) Resolva a equação, cos [(™/6)t + (5™/4)] = 1, para t>0.

 

b) Determine quantas horas após o início da observação ocorreu a primeira maré alta.

 

50. (Unicamp 2001) Considere a equação trigonométrica

 

sen£š - 2 cos£š + (1/2) sen 2š = 0.

 

a) Mostre que NÃO são soluções dessa equação os valores de š para os quais cos š=0.

 

b) Encontre todos os valores de cos š que são soluções da equação.

 

51. (Fuvest 2002) Determine as soluções da equação

 

            (2cos£x + 3senx) (cos£x - sen£x) = 0

 

que estão no intervalo [0,2™].

 

52. (Fuvest 2002) A soma das raízes da equação sen£x-2cos¥x=0, que estão no intervalo [0, 2™], é:

a) 2 ™

b) 3 ™

c) 4 ™

d) 6 ™

e) 7 ™

 

53. (Fuvest 2002) Se ‘ está no intervalo [0, ™/2] e satisfaz sen¥‘-cos¥‘=1/4, então o valor da tangente de ‘ é:

a) Ë(3/5)

b) Ë(5/3)

c) Ë(3/7)

d) Ë(7/3)

e) Ë(5/7)

 

54. (Ufsm 2001) Considere f: IR ë IR, dada por f(x)=4x£-4x-tg£š, onde 0<š<2™. Os valores de š, para os quais f assume o valor mínimo -4, são

 

a) {™/3, 2™/3, 4™/3, 5™/3}

b) {™/4, 3™/4, 5™/4, 7™/4}

c) {™/5, 2™/5, 3™/5, 4™/5}

d) {™/6, 4™/6, 5™/6, 4™/3}

e) {™/7, 2™/7, 3™/7, 5™/7}

 

55. (Ufsm 2001) A soma das raízes da equação cos£x + cos x = 0, no intervalo 0 < x < 2™, é

a) ™

b) 4™

c) 3™

d) 7™/2

e) 5™/2

 

56. (Uel 2001) Em relação à equação cos x=cos 2x, com x Æ=[0, 2™], é correto afirmar:

a) Possui uma solução no 3Ž quadrante.

b) Possui duas soluções no 2Ž quadrante.

c) Possui somente a solução nula.

d) Uma das suas soluções é ™.

e) A única solução não nula é 2™/3.

 

57. (Ufrrj 2001) sen£ (x¤ + 7x£ + x + 1) + cos£(x¤ + 5x£ + 2) = 1

 

Dentre os conjuntos abaixo, o que está contido no conjunto solução da equação acima é

a) S = {-1/2, 1}.

b) S = {1/2, 1}.

c) S = {-1, -1/2}.

d) S = {-2, 1/2}.

e) S = {-1, 1/2}.

 

58. (Puc-rio 2000) Para que valores de x vale

 

(cos(x) + sen(x))¥ - (cos(x) - sen(x))¥=

=2[(cos(x) + sen(x))£ - (cos(x) - sen(x))£]?

 

59. (Mackenzie 2001) As soluções positivas de sen 2x = 2 sen£ x, com sen x · 0, formam uma seqüência que é uma:

a) PA de razão ™/2 e primeiro termo ™/4.

b) PA de razão 2™ e primeiro termo 3™/4.

c) PA de razão ™ e primeiro termo ™/4.

d) PG de razão 3 e primeiro termo ™/4.

e) PG de razão 3 e primeiro termo 3™/4.

 

60. (Pucrs 2001) Se f e g são funções definidas por f(x)=[2tg(x)]/[1+tg£(x)] e g(x)= sen(2x), o conjunto A={x Æ IR | f(x)=g(x)} é

a) IR

b) IRø

c) {x Æ IR | tg (x)·0}

d) {x Æ IR | cos (x)·0}

e) {x Æ IR | sen (x)·0}

 

61. (Ufes 2001) Uma pequena massa, presa à extremidade de uma mola, oscila segundo a equação

 

                        f(t) = 8sen (3™t),

 

que representa a posição da massa no instante t segundos, medida em centímetros a partir da posição de equilíbrio. Contando a partir de t=0, em que instante a massa passará pela sétima vez a uma distância |f(t)| de 4cm da posição de equilíbrio?

a) 11/18

b) 13/18

c) 17/18

d) 19/18

e) 23/18

 

62. (Ufpe 2003) Sabendo-se que sen£x - 3senx.cosx + 2cos£x = 0 temos que os possíveis valores para tg x são:

a) 0 e -1

b) 0 e 1

c) 1 e 2

d) -1 e -2

e) -2 e 0

 

63. (Ita 2003) Encontre todos os valores de a Æ ]- ™/2, ™/2[ para os quais a equação na variável real x, arctg [Ë2 - 1 + (eÑ/2)] + arctg [Ë2 - 1 - (eÑ/2)] = a, admite solução.

 

64. (Fatec 2003) No intervalo ]0, ™[ , os gráficos das funções definidas por y = sen x e y = sen 2x interceptam-se em um único ponto.

A abscissa x desse ponto é tal que

a) 0 < x < ™/4

b) ™/4 < x < ™/2

c) x = ™/4

d) ™/2 < x < 3™/4

e) 3™/4 < x < 2™

 

65. (Fgv 2003) No intervalo [0,2™], a equação trigonométrica

sen 2x = sen x tem raízes cuja soma vale:

a) ™

b) 2™

c) 3™

d) 4™

e) 5™

 

66. (Mackenzie 2003) Se sen¥x = 1 + cos£x, então x pode pertencer ao intervalo:

a) [™/4; 3™/4]

b) [0; ™/6]

c) [™; 5™/4]

d) [™/6; ™/3]

e) [5™/3; 2™]

 

67. (Ufscar 2003) Sendo sen ‘ + cos ‘ = 1/5,

a) determine sen ‘ e cos ‘.

b) represente no círculo trigonométrico todos os ângulos ‘ que satisfazem a igualdade dada.

 

68. (Pucrs 2004) A solução da equação cos [3x - (™/4)] = 0, quando 0 ´ x ´ ™/2, é

a) ™/4

b) -™/4

c) 7™/12

d) ™/2

e) 0

 

69. (Unesp 2004) O conjunto de todos os pontos P(x, y) do plano, com y · 0, para os quais x e y satisfazem a equação sen [y/(x£+1)] = 0 é uma

a) família de parábolas.

b) família de circunferências centradas na origem.

c) família de retas.

d) parábola passando pelo ponto Q(0,1).

e) circunferência centrada na origem.

 

70. (Ita 2004) Prove que, se os ângulos internos ‘, ’ e – de um triângulo satisfazem a equação

            sen (3‘) + sen (3’) + sen (3–) = 0,

então, pelo menos, um dos três ângulos ‘, ’ ou – é igual a 60°.

 

71. (Uerj 2004) A temperatura média diária, T, para um determinado ano, em uma cidade próxima ao pólo norte é expressa pela função abaixo.

            T = 50sen [ (2™/365) (t - 101) ] + 7

Nessa função, t é dado em dias, t = 0 corresponde ao dia 1° de janeiro e T é medida na escala Fahrenheit. A relação entre as temperaturas medidas na escala Fahrenheit (F) e as temperaturas medidas na escala Celsius (C), obedece, por sua vez, à seguinte equação:

            C = (5/9) (F - 32)

Em relação a esse determinado ano, estabeleça:

a) o dia no qual a temperatura será a menor possível;

b) o número total de dias em que se esperam temperaturas abaixo de 0°C.

 

72. (Ufrj 2004) A equação x£ - 2xcosš + sen£š = 0 possui raízes reais iguais.

Determine š, 0 ´ š ´ 2™.

 

73. (Fuvest 2005) Sabe-se que x = 1 é raiz da equação

            (cos£‘) x£ - (4 cos‘ sen’) x + (3/2) sen’ = 0,

sendo ‘ e ’ os ângulos agudos indicados no triângulo retângulo da figura abaixo.

 

 

 

Pode-se então afirmar que as medidas de ‘ e ’ são, respectivamente,

a) ™/8 e 3™/8

b) ™/6 e ™/3

c) ™/4 e ™/4

d) ™/3 e ™/6

e) 3™/8 e ™/8

 

74. (Fuvest 2005) Determine todos os valores de x pertencentes ao intervalo [0, 2™] que satisfazem a equação

            cos£ 2x = (1/2) - sen£ x.

 

75. (Uerj 2005) Uma população P de animais varia, aproximadamente, segundo a equação abaixo.

            P = 800 - 100 sen [(t + 3) ™ / 6]

Considere que t é o tempo medido em meses e que 1° de janeiro corresponde a t = 0.

Determine, no periodo de 1° de janeiro a 1° de dezembro de um mesmo ano, os meses nos quais a população de animais atinge:

a) um total de 750;

b) seu número mínimo.

 

76. (Unesp 2005) A temperatura, em graus celsius (°C), de uma câmara frigorífica, durante um dia completo, das 0 hora às 24 horas, é dada aproximadamente pela função:

f(t) = cos [(™/12)t] - cos [(™/6)t], 0 ´ t ´ 24,

com t em horas. Determine:

a) a temperatura da câmara frigorífica às 2 horas e às 9 horas (use as aproximações Ë2 = 1,4 e Ë3 = 1,7)

b) em quais horários do dia a temperatura atingiu

0 °C.

 

77. (Pucrs 2005) O conjunto solução da equação sen(x) = cos[x-(™/2)] em IR é

a) {-1, 0, 1}

b) [-1, 1]

c) {x Æ IR | x = (™/2) + k™, k Æ Z}

d) {x Æ IR | x = k™, k Æ Z}

e) IR

 

78. (Ita 2006) Seja f : R ë R definida por f(x) = (Ë77) sen {5 [x + (™/6) ] } e seja B o conjunto dado por B = {x Æ R : f(x) = 0}. Se m é o maior elemento de B º (-¶, 0) e n é o menor elemento de B º  (0, +¶), então m + n é igual a

a) 2™/15

b) ™/15

c) -™/30

d) -™/15

e) -2™/15

 

79. (Ita 2006) O conjunto solução de (tg£x - 1)(1 - cotg£x) = 4,

x · k™/2, k Æ Z, é

a) {(™/3) + (k™/4), k Æ Z}

b) {(™/4) + (k™/4), k Æ Z}

c) {(™/6) + (k™/4), k Æ Z}

d) {(™/8) + (k™/4), k Æ Z}

e) {(™/12) + (k™/4), k Æ Z}

 

80. (Uerj 2006) O preço dos produtos agrícolas oscila de acordo com a safra de cada um: mais baixo no período da colheita, mais alto na entressafra. Suponha que o preço aproximado P, em reais, do quilograma de tomates seja dado pela função P(t) = 0,8 × sen [(2™/360) (t-101)] + 2,7, na qual t é o número de dias contados de 1Ž de janeiro até 31 de dezembro de um determinado ano.

 

Para esse período de tempo, calcule:

a) o maior e o menor preço do quilograma de tomates;

b) os valores t para os quais o preço P seja igual a R$3,10.

 

81. (Unesp 2006) A figura representa parte dos gráficos das funções f(x) = 1 + sen(2x) e g(x) = 1 + cos(x).

 

 

Se x, x‚ e xƒ são, respectivamente, as abscissas dos pontos P, Q e R de intersecção dos gráficos das funções f(x) e g(x) no intervalo [0, ™], a soma x + x‚ + xƒ é:

a) 2™/3.

b) 4™/3.

c) 3™/2.

d) 5™/6.

e) 7™/12.

 

82. (Unesp 2006) A figura mostra a órbita elíptica de um satélite S em torno do planeta Terra. Na elipse estão assinalados dois pontos: o ponto A (apogeu), que é o ponto da órbita mais afastado do centro da Terra, e o ponto P (perigeu), que é o ponto da órbita mais próximo do centro da Terra. O ponto O indica o centro da Terra e o ângulo PÔS tem medida ‘, com 0° ´ ‘ ´ 360°.

 

 

A altura h, em km, do satélite à superfície da Terra, dependendo do ângulo ‘, é dada aproximadamente pela função

h = {- 64 + [7980/(100 + 5 cos ‘)]} ×10£.

Determine:

a) A altura h do satélite quando este se encontra no perigeu e também quando se encontra no apogeu.

b) os valores de ‘, quando a altura h do satélite é de 1.580 km.

 

83. (Unifesp 2006) Na procura de uma função y = f(t) para representar um fenômeno físico periódico, cuja variação total de y vai de 9,6 até 14,4, chegou-se a uma função da forma

 

                        f(t) = A + B sen [(™/90) (t - 105)],

 

com o argumento medido em radianos.

a) Encontre os valores de A e B para que a função f satisfaça as condições dadas.

b) O número A é chamado valor médio da função. Encontre o menor t positivo no qual f assume o seu valor médio.

 

84. (Pucrj 2006) Os ângulos (em graus) š entre 0° e 360° para os quais sen š = cos š são:

a) 45° e 90°

b) 45° e 225°

c) 180° e 360°

d) 45°, 90° e 180°

e) 90°, 180° e 270°

 

85. (Unicamp 98) a) Encontre todos os valores reais de x para os quais -1´[(x£+4)/4x]´1.

b) Encontre todos os valores reais de x e y satisfazendo x£+4xcosy+4=0.

 

86. (Pucpr 2005) Sendo 0 ´ x ´ ™/2, o valor de x para que o determinante da matriz

 

 

seja nulo é:

a) ™/2

b) ™/3

c) ™/6

d) ™/4

e) ™

 

 


Submarino.com.br

GABARITO

 

1. 20

 

2. 01 + 04 + 08 + 16 = 29

 

3. a) ‘ = (™/8) + (k™/2), k Æ Z

b) ((Ë2) - 2; 1)

 

4. 30°, 60° e 90°.

 

5. Soma = 0

 

6. itens corretos: 04, 08 e 32

itens incorretos: 01, 02, 16 e 64

 

7. (™/6; ™/3), (™/6; 5™/3), (5™/6; ™/3), e (5™/6; 5™/3)

 

8. š = 3™/8 + n™/2

 

9. [A]

 

10. [D]

 

11. [C]

 

12. 47

 

13. [D]

 

14. V = {™/6, 5™/6}

 

15. [C]

 

16. 16

 

17. [B]

 

18. [A]

 

19. [D]

 

20. [E]

 

21. [C]

 

22. [A]

 

23. [D]

 

24. [B]

 

25. [B]

 

26. [D]

 

27. S = {0; ™/3; ™/2; 2™/3; ™; 4™/3; 3™/2; 5™/3}

 

28. [A]

 

29. [E]

 

30. [D]

 

31. [B]

 

32. [C]

 

33. a) S (™/3) = 4 . (1 + Ë3)

 

b) V = {-(5™)/6; -™/6; (7™)/6; (11™)/6}

 

34. Como ™/2 e 3™/2 não são soluções, o número de soluções da equação é o mesmo que o número de soluções da equação tan(x)=-1, que tem 2 soluções entre 0 e 2™.

 

35. ab = 1

 

36. [A]

 

37. p = 2

 

38. V={(™/3, ™/6); (2™/3, ™/6); (0, ™/2); (™, ™/2); (™/3,5™/6); (2™/3, 5™/6)}

 

39. [C]

 

40. [E]

 

41. [A]

 

42. [A]

 

43. [A]

 

44. [B]

 

45. [E]

 

46. a) ™/4 ou ™/2 ou 3™/4

 

b) 0 < x < ™/4 ou  ™/2 < x < 3™/4

 

47. a) {™/4, 3™/4}

 

b) {™/6, 5™/6, 3™/2}

 

48. a) 12

 

b) 20°C e 15 horas

 

49. a) t = -15/2 + 12 . n, com n Æ IN*

 

b) 4,5 horas

 

50. a) sen£š - 2 .cos£š + 1/2 .sen (2.š) = 0 ë

 

ë 1 - cos£š - 2 .cos£š + 1/2 .2.senš.cosš = 0 ë

 

ë 1 - 3 .cos£š + senš.cosš = 0.

 

Os valores de š, para os quais cos š=0, não são soluções da equação dada, pois, neste caso a sentença resultante é 1-0+0=0, que é falsa.

 

b)  (Ë2)/2 ou  (Ë5)/5.

 

51. {™/4, 3™/4, 7™/6, 5™/4, 7™/4, 11™/6}

 

52. [C]

 

53. [B]

 

54. [A]

 

55. [C]

 

56. [A]

 

57. [E]

 

58. A equação vale para todo x.

 

59. [C]

 

60. [D]

 

61. [D]

 

62. [C]

 

63. 0 < a <™/4

 

64. [B]

 

65. [E]

 

66. [A]

 

67. a) sen ‘ = 4/5 e cos ‘ = -3/5

ou

sen ‘ = -3/5 e cos ‘ = 4/5

 

b)

 

 

 

68. [A]

 

69. [A]

 

70. Sejam ‘, ’ e – as medidas dos ângulos internos de um triângulo (‘, ’  e – Æ ]0, ™[).

 

Temos que ‘ + ’ + – = ™ Ì – = ™ - ‘ - ’.

sen(3‘) + sen(3’) + sen(3–) =

sen(3‘) + sen(3’) + sen [3(™ - ‘ - ’)] =

2 sen [(3‘ + 3’)/2] cos [(3‘ - 3’)/2] + sen [3™ - (3‘ + 3’)] =

2 sen [(3‘ + 3’)/2] cos [(3‘ - 3’)/2] + sen (3‘ + 3’) =

2 sen [(3‘ + 3’)/2] cos [(3‘ - 3’)/2] + 2sen [(3‘ + 3’)/2] cos [(3‘ + 3’)/2] =

2 sen [(3‘ + 3’)/2] { cos [(3‘ - 3’)/2] + cos [(3‘ + 3’)/2] } =

2 sen [3(‘ + ’)/2] 2 cos (3‘/2) cos (-3’/2) =

4 sen [3(™ - –)/2] cos (3‘/2) cos (3’/2) =

4 sen [(3™/2) - (3–/2)] cos (3‘/2) cos (3’/2) =

- 4 cos (3–/2) cos (3‘/2) cos (3’/2).

Desse modo,

            - 4 cos (3–/2) cos (3‘/2) cos (3’/2) = 0

se, e somente se:

            cos (3‘/2) = 0

                        ou

            cos (3’/2) = 0

                        ou

            cos (3–/2) = 0

O que nos dá:

            3‘/2 = ™/2 ë ‘ = ™/3 = 60°

                        ou

            3’/2 = ™/2 ë ’ = ™/3 = 60°

                        ou

            3–/2 = ™/2 ë – = ™/3 = 60°

                                                                       c.q.d.

           

 

71. a) 10 de janeiro

b) 243 dias

 

72. š = ™/4 ou 3™/4 ou 5™/4 ou 7™/4

 

73. [D]

 

74. S = { ™/6, ™/4, 3™/4, 5™/6, 7™/6, 5™/4, 7™/4, 11™/6 }

 

75. a) Novembro e março.

 

b) Somente no mês de janeiro.

 

76. a) f(2) = 0,35°C; f(9) = - 0,7°C

 

b) 0h, 8h, 16h e 24h

 

77. [E]

 

78. [E]

 

79. [D]

 

80. a) R$3,50 e R$1,90

 

b) t = 131 ou t = 251

 

81. [C]

 

82. a) 1200 km e 2000 km

 

b) ‘ = 90° ou ‘ = 270°

 

83. a) A = 12 e B = 2,4

 

b) t = 15

 

84. [B]

 

85. a) x = 2 ou x = - 2

b) x = 2 e y = ™ + h2™, h Æ Z ou

    x = - 2 e y = h2™, h Æ Z

 

86. [D]